terça-feira, 28 de maio de 2013

ÚLTIMAS COMPRINHAS DE BEAUTÉ

Depois que reuni para fotografar tudo que comprei de Beauté na viagem de Paris foi que notei a miséria de compras que fiz nessa viagem! #MãoDeVacaModeOn

E na verdade, a maioria dos itens foram comprados no Free Shop do Brasil. Como disse em um post sobre a viagem, achei tudo muito caro tanto em Paris como no Free Shop do Charles de Gaulle e acabei comprando só o que eu estava precisando mesmo. Tive um super auto-controle, heim? 

Inclusive, não tive coragem de comprar nada do que eu tinha planejado nesse post na Sephora. Lembram do par de meias para usar creme? Custavam 36 Euros! Achei um absurdo pagar mais de 100 reais em um par de meias e deixei pra lá. A listinha vai ficar para a próxima ida aos States. 

Vamos às comprinhas então:


1- BATONS MAC
Comprei no Duty Free de Guarulhos a cor Pink Nouveau e Snob. Já usava as duas cores e estavam acabando, por isso comprei mais. Queria ter comprado a cor Pink Plaid, mas estava em falta. Paguei 20 dólares em cada um. No Brasil, custa 79 reais cada. 

2- BLUSH ORGASM DA NARS
É o meu blush favorito e só comprei porque o meu já está bem no fim mesmo. Paguei 30 Euros na Sephora de Paris. Na Sephora Brasil está custando 128,00 reais. 

3- SHAMPOO A SECO SEPHORA
Comprei no fogo do momento na loja e também porque custava 5 Euros. Para ser bem sincera, achei dinheiro jogado fora. Não acho que ele deixa os cabelos limpos coisa nenhuma. 

4- SOMBRA MAC
Comprei a sombra na cor Frost at Midnight e estou apaixonada. É uma mistura de preto com roxo super cintilante. Paguei uns 25 dólares e aqui no Brasil custa na faixa de uns 99 reais.

5- PINCEL MAC 150
Estava precisando de um pincel para aplicar pó e o Duty Free tava ruim de opção. Acabei comprando o número 150, mas achei ele gigante! O pincel grande é ideal para aplicar pó, mas eu ainda não acostumei! Ah, e ele faz muita sujeira com o meu pó solto da Make Up For Ever. Não foi muito baratinho não, se não me engano paguei uns 55 dólares, mas foi uma pechincha se comparado com os 210,00 reais que custa aqui.

6- CORRETIVO STUDIO FINISH MAC
Mais um produto que comprei para não ficar desfalcada. Uso esse corretivo há um tempinho e o meu já está  quase acabando. Não lembro direito o valor, mas deve ter sido uns 20 dólares. E 89,00 reais no Brésil!

7- SHAMPOO E CONDICIONADOR L'OCCITANE
Como já conhecia o de Verbena (Excelente!!!), resolvi comprar esse para experimentar. O Shampoo é ótimo, mas achei o Condicionador fraquinho. Parece que não hidrata muito, sabe? Vamos ver se eu me adapto a eles.

Fala sério se não comprei bem pouco? É bom que sobra mais dinheiro para a próxima viagem! 
O forte de Paris são os dermocosméticos e como eu recebo muita coisa dos laboratórios para conhecer, achei besteira gastar dinheiro com isso, não é?

segunda-feira, 27 de maio de 2013

APROVEI: DERMOTIVIN SOFT SABONETE PARA PELE NORMAL OU SECA

DERMOTIVIN SOFT é um sabonete facial de uso diário que foi desenvolvido pela Galderma especialmente para a pele normal ou seca. É suave e contém extratos naturais de Calêndula e Aloe Vera, removendo impurezas e auxiliando na desobstrução dos poros sem agredir. Sua formulação Soft Complex cria um filme protetor hidratante e não oleoso.


Ele é excelente também para peles sensíveis, principalmente as que estão sensibilizadas por peelings, ácidos ou em uso de Isotretinoína oral.   

Lembram que falei que fiz um peeling no meu rosto na semana passada? Minha pele é oleosa e com tendência à acne, então acabo sempre preferindo o Dermotivin Salix, Dermotivin Original ou até mesmo o Dermotivin Control. Como minha pele ficou muito sensível depois do procedimento, todos os sabonetes para pele oleosa agrediam, irritavam, ardiam e foi aí que resolvi experimentar o Soft.

Ele realmente limpa sem agredir. Consegui lavar o rosto tranquilamente sem arder. Também ajudava a hidratar e diminuir a sensação de ressecado e de pele repuxando. 

Logo quando meu rosto parou de descamar, continuei utilizando o sabonete e não senti que ele aumentou a oleosidade da minha pele não. Pelo menos nesse tempo frio, acredito que dá para ser usado por quem tem pele mista ou oleosa e que fica mais ressecada nessa época. Tenho certeza de que quem tiver pele seca vai amar! Prescrevo muito para meus pacientes e todos gostam muito!

O cheirinho é cítrico e bem fraquinho, não me incomodou.   

Existem três versões do sabonete: Espuma com 130ml, Líquido com 120ml e em barra com 90g. Encontrei na DERMADOCTOR por 64,95 reais, 53,80 reais e 29,97 reais respectivamente.  


Acho tanto a versão espuma como a líquida muito caras, mas ainda bem que a versão em barra está aí para baratear e ajudar quem não pode pagar 60 reais ou mais em um sabonete facial. Além do preço, outra vantagem que vejo na barrinha é a de render muuuuito!!

Alguém aí também está usando o SOFT? Estão gostando?

quinta-feira, 23 de maio de 2013

CUIDADOS COM A PELE NO PÓS PEELING

Postei essa semana no meu Twitter, uma foto do meu rosto detonado depois de ter feito uma sessão de peeling químico e por isso, resolvi falar para vocês como é após o procedimento.

É só esfriar um pouco, que a mulherada corre pro consultório atrás do peeling e os homens também, viu!! . Para quem não sabe, o peeling químico realizado no consultório médico é uma aplicação de ácido em uma concentração bem maior do que a utilizada em casa para melhorar a textura da pele, clarear manchas, amenizar rugas e cicatrizes. 


Ele pode ser superficial, médio ou profundo e as dicas de hoje são para quem fez ou vai fazer um superficial. O peeling superficial costuma descamar bem pouco e você não precisa se afastar do trabalho ou de sua rotina nesse período. 

Como diria minha mãe, não se faz uma omelete sem quebrar os ovos. E vou te contar, mesmo o superficial, o peeling não é nada fácil! Os cuidados após o procedimento dão um pouquinho de trabalho. Mas, a recompensa vale a pena.

O pós-peeling vai depender muito do ácido utilizado. Em geral, os cuidados são esses:

1- Logo após o procedimento haverá um ressecamento da pele que é transitório e esperado. Pode ocorrer uma leve ardência também, dependendo do ácido utilizado. 

2- A descamação é bem fina e geralmente começa de dois a quatro dias após a aplicação, podendo durar até sete dias. Logo após o início da descamação, a pele fica um pouco avermelhada e sensível. Essa pele nova é muito susceptível a manchas, por isso, muito protetor e nada de sol!

3- A limpeza deve ser suave. Dê preferência aos sabonetes para peles sensíveis nesse momento. 

4- Redobre os cuidados com o protetor solar. Um solzinho pode colocar tudo a perder!

5- Interrompa a medicação usada no preparo da pele.

6- Mantenha a pele protegida e hidratada. A hidratação adequada é fundamental para diminuir a vermelhidão e o desconforto.

7- Não aplique NADA que não tenha sido prescrito por seu Médico, até que sua pele volte ao normal.

8- O mais importante: Nunca, nunquinha, mas nunca mesmo arranque as peles ou casquinhas que estão se soltando. Sua retirada atrapalha o processo de cicatrização e renovação da pele, podendo levar até a formação de cicatrizes.


9- Evite banhos muito quentes, demorados e saunas.

10- Fuja do sol até a completa cicatrização.

Eu sou fã número 1 do peeling químico! Adoro a renovação que dá na pele mas, infelizmente, ele não faz milagres! Não esqueça que você precisa fazer a sua parte também!

quarta-feira, 22 de maio de 2013

CUIDADOS COM A PELE NA GESTAÇÃO

Quando descobrimos o tal do beta-HCG positivo muitas dúvidas começam a aparecer na nossa cabeça. Uma delas é se posso continuar com a minha rotina de cremes para pele. E a resposta é: pare com tudo que está usando e procure seu Dermatologista!!!! Até um inofensivo sabonete de ácido Salicílico é contra-indicado nesse momento.


Quando alguma gestante me procura no consultório, minha primeira recomendação é a de investir em um bom protetor solar e redobrar os cuidados com o sol, para prevenir do temido Melasma (foto abaixo) que adora uma mulher grávida!

O sol é essencial para a produção de Vitamina D, mas deve ser evitado no horário entre 10h e 16h, já que a combinação "hormônios + sol" torna-se bombástica para desenvolver uma linda mancha nessa cútis (a.k.a. Melasma). Abuse de bonés, chapéus e sombrinhas!


Tem muita gente por aí que pensa que só porque tem a pele mais morena não precisa de protetor solar! E é aí que vocês se enganam! Saibam que quanto mais escura sua pele, maior é a sua chance de manchar! 

As espinhas também são grandes companheiras da mulher nessa fase e o motivo é o mesmo: alteração hormonal! Mulheres que nunca tiveram espinhas podem ter agora, assim como quem sempre teve pode apresentar uma melhora do quadro. 

Mamilos, região genital, Linha Alba (aquela linha que fica escura no meio da barriga - veja na foto abaixo) ganham pigmentação e podem ser amenizados com o uso de clareadores sem hidroquinona, prescrito por seu Dermatologista, é claro!


Estrias viram rotina e para isso, muita reza e um bom hidratante. Dê preferência para hidratantes feitos especialmente para gestantes. E não só o óleo de Amêndoas, ok?


A grande maioria das mulheres não observa, mas as palmas de suas mãos ficam mais avermelhadas. Isso é apenas fisiológico e não acarreta nenhum problema para a mãe ou o bebê.

As unhas podem ficar mais finas, quebradiças e descamando,

A maioria das formulações de uso tópico com ácidos ou à base de Vitamina A (Tretinoína, Ácido Retinóico, Adapaleno) são absolutamente contra-indicados.

A gestação é um período muito importante na vida de uma mulher e não queremos ganhar todos esses presentes indesejáveis com ela, não é mesmo? Precisamos nos cuidar para ter uma pele saudável e bonita nessa nova fase!  Por isso, procure seu Dermatologista de confiança! Ele é o único que pode te orientar corretamente!

Queridos, vocês já me seguem no Twitter? Se não, FOLLOW ME AQUI!!!

/;

segunda-feira, 20 de maio de 2013

ROTEIRO DE SETE DIAS EM PARIS

Sei que segunda-feira não é dia de post de viagem, mas como tinha preparado esse para a última sexta e não tive tempo de liberar, resolvi postar hoje mesmo! Preparem-se para um post giga e com muitas fotos. 

Como prometido, vou compartilhar o roteiro de sete dias que utilizei em Paris. Baseei em um post do blog NÓS NO MUNDO e fiz umas poucas alterações nele. 

Esse roteiro, na verdade, foi mais para dar uma orientação já que não conhecíamos nada por lá. Acabamos adaptando às condições climáticas do dia.

Garanto para vocês que todos os dias estão bem distribuídos. Dá para fazer tudo tranquilamente e ainda sobra bastante tempo. Como ficamos nove dias, usamos os dois a mais para repetir o que mais gostamos e flanar pela cidade sem rumo.

Antes de começar, deixar eu contar para vocês que utilizamos o PARIS MUSEUM CARD (Vou abreviar para PMC). Compramos o passe de seis dias em uma banca de revistas em frente ao Museu D'Orsay (69 Euros). Valeu muito a pena. Ele incluía a maioria dos museus e monumentos que visitamos e, inclusive, pudemos repetir o que mais gostamos nesse período (subimos duas vezes no Arco do Triunfo e fomos dois dias ao Louvre), sem contar os locais onde você "fura a fila com ele".


DIA 1: Visitar o Museu D´Orsay, a Esplanada dos Inválidos, a Torre Eiffel e o Trocadéro

Museu D’orsay – O belo edifício que atualmente alberga o museu era originalmente uma estação ferroviária. A coleção é composta de diversas obras dos impressionistas, sendo imperdíveis o Auto retrato e a Noite Estrelada sob o rio Ródano (Van Gogh), Duas jovens ao piano e Le Moulin de la Galette (Renoir), Almoço sobre a relva (Manet) e La Pie (Monet). 
A própria arquitetura do Museu já vale a visita. Acho legal visitar antes do Louvre, porque depois ele fica bem pequenininho perto do gigantesco prédio do Louvre que não tem fim. 



Como chegar: A estação de metrô mais próxima é a Solferino – Linha 12.
Acesso: Para quem não tem nenhum tipo de passe, a entrada é pela Porta A. Para os portadores de passes, como o PMC, a entrada é pela Porta C. Por aqui também entram as pessoas com entrada prioritária, como aquelas em cadeiras de roda. Cheguei antes de abrir e a fila era bem pequena para quem tinha o PMC. 
Preço: 12 Euros. Todo o primeiro domingo do mês a entrada é gratuita. (Está incluso no PMC).
Horário de funcionamento: De 9h30 às 18h de terça a domingo, fechado às segundas-feiras. Quintas-feiras aberto até 21h45. 

Palácio dos Inválidos (Hotel des Invalides) Construído no século XVII para albergar os mutilados dos exércitos de Luís XIV, o Hotel dos Inválidos, em Paris, alberga atualmente um dos melhores museus de arte e história militar do mundo. A Igreja dos Inválidos, visível de longe de qualquer ponto de Paris graças à sua cúpula revestida a folha de ouro, alberga o túmulo de Napoleão Bonaparte.
Super interessante. Lá você encontra cavalo branco do Napoleão empalhado e muitas armaduras de guerra de antigamente. 



Preço: O ingresso do Musée des Invalides custa 9,50 Euros e inclui o Museu do Exército, o monumento de Charles de Gaulle e a Tumba de Napoleão. (Estão inclusos no PMC).
HorárioSegunda a domingo 10h às 18h.

Torre Eiffel - Tem 342 metros de altura, pesa 10.100 toneladas e tem 704 degraus até o segundo andar. Para subir sem fila, compre os ingressos no site oficial da torre
Comprei os tickets pelo site e foi muito tranquilo. Imprimi em casa e entramos direto sem fila alguma. Ah, passei quase dois meses entrando no site todos os dias e os ingressos sempre estavam esgotados para o período que eu estaria na cidade. Até que entrei no site na véspera da viagem e haviam várias datas e horários disponíveis para os dias seguintes. Não desista!
Preço: O ingresso para subir de elevador até o terceiro andar custa 14,50 Euros. (NÃO incluso no PMC).


Trocadéro a praça do Trocadero é o melhor local para tirar fotos as Torre Eiffel. Aí está o Palácio de Chaillot, construído em 1937. Lá foi assinada a Declaração Universal dos Direitos Humanos, em 1948.



Não esqueça de passear pelo Champs de Mars em frente à Torre (rende fotos lindas) e se o dia estiver bonito, dá para fazer um super pic-nic lá. 

DIA 2: Visitar o Museu do Louvre. Caminhar pelo Jardim des Tuleries, atravessar a Praça Concorde e seguir pela Avenida Champs Elysees até o Arco do Triunfo

Museu do Louvre – A coleção é bem variada e abriga obras importantíssimas. Alguns dos imperdíveis são a Mona Lisa (Leonardo da Vinci), a Coroação de Napoleão (Jacques-Louis David), A Liberdade guiando o povo (Eugène Delacroix), as esculturas Vênus de Milo e Vitória Alada de Samotrácia, bem como o Código de Hamurabi, um dos mais antigos conjuntos de leis escritas. 
Acessos:
Principal: pela pirâmide.
Outras entradas: porta dos Leões (acesso direto às artes da África, Ásia, Oceania e Américas); galeria do Carrousel (99 Rue de Rivoli); Passagem Richelieu (para grupos, portadores de ingresso ou aos que se dirigem ao Auditório).
Horário: O museu está aberto diariamente de 9 às 18h, exceto terças e feriados. Quartas e sextas à noite o museu fica aberto até às 21h45. Fui na sexta à noite e estava bem mais vazio. 
Preço: O ingresso custa 11 Euros e pode ser adquirido online. Grátis no primeiro domingo do mês. (Incluso no PMC que tem entrada especial pelo Carrousel).
Jardim de Tuileries – É um dos jardins mais antigos de Paris, localizado entre o Louvre, a Rue de Rivoli e a Place de La Concorde. Um dos mais emblemáticos espaços parisienses, data do século 16 e desde então vem passando por inúmeras transformações. Entre as mais destacáveis está a assinada no século 17 por André Le Nôtre, responsável também pelos irretocáveis jardins do Palácio de Versailles. Suas longas vias, frequentemente utilizadas por praticantes de corrida, são apreciáveis tanto no verão, quando as árvores se tingem de um verde perfeito, quanto no inverno, época em que as folhas desaparecem e o chão se cobre do branco da neve. Entre os seus atrativos, fontes, esculturas de diferentes períodos, cafés e a famosa roda-gigante, além de dois museus, o de L’Orangerie (www.musee-orangerie.fr), com obras de nomes como Matisse e Modigliani, e a galeria nacional Jeu Paumme (www.jeudepaume.org), dedicada à arte contemporânea.
Entrada grátis e aberto 24h.
Vi lindas Tulipas por lá. 


Praça Concorde – é a segunda maior praça da França. Durante a Revolução Francesa, ficava ali a guilhotina. O obelisco ali existente foi doado pelo Egito e tem 33 séculos.

Champs Elysèes – é a avenida mais famosa de Paris. Vai da Place de la Concorde à Praça Charles de Gaulle, onde está o Arco do Triunfo. Ali ficam diversas lojas e restaurantes famosos.
Passeamos por lá quase todos os dias, já que era bem pertinho do nosso hotel. 

Arco do Triunfo: é um dos símbolos de Paris. A praça recebe o nome de Etoile, pois dali partem doze avenidas formando uma estrela, ou etoile, em francês. É possível subir no Arco do Triunfo. Para isso, não tente atravessar a avenida correndo. Utilize o acesso subterrâneo. É preciso subir 284 degraus. A vista dos Champs-Elysées é deslumbrante. É bacana também ver como o Arco de La Defense, no bairro moderno de negócios da cidade, está perfeitamente alinhado ao Arco original.
Subimos durante o dia e depois voltamos à noite para ver a Torre Eiffel iluminada.
Horário: As visitas podem ser feitas diariamente, exceto feriados, de 10h às 22h30, ou até às 23h dependendo da época do ano.
Preço: O ingresso custa $9,50 euros. (Incluso no PMC).

DIA 3: Caminhar pela Rue Saint Honoré, visitar a Place Vendôme e a Igreja Madeleine. Caminhar pela Rue du Faubourg Saint Honoré e pelo Boulevard Haussman

Rue Saint Honoré – Pode-se dizer que é a rua da moda de Paris. Grandes marcas internacionais e boutiques não tão conhecidas estão por lá. É o reduto dos fashionistas.

Place Vendôme – é uma praça de arquitetura clássica com uma coluna de bronze no centro construída para homenagear uma das vitórias de Napoleão Bonaparte. Por ali se encontra o luxuoso hotel Ritz Paris e várias joalherias famosas.

Igreja Madeleine – A arquitetura clássica grega da igreja é marcante. A vista do alto das escadarias também. Os arredores da igreja são bem movimentados e valem a visita.

Rue du Fauborg Saint Honoré – É a continuação da Rue Saint Honoré. Ali estão as marcas internacionais mais famosas: Hermès, Missoni, Dolce & Gabbana, Christian Loubotin.

Boulevard Haussmann – é uma avenida de pouco mais de 2 km construída por Georges-Eugène Haussmann, responsável pela modernização urbanística de Paris. A avenida é famosa entre os turistas por conta das grandes lojas de departamento Printemps Galleries Lafayette.
Se você quer fazer comprinhas, a Printemps é bem menos muvucada do que a Lafayette, que fica lotada! Os chineses fazem até fila na porta da Chanel de lá. 

DIA 4: Explorar o bairro de Saint-Germain-des-Prés, caminhar pelo Jardim de Luxembourg e visitar o Panthéon

St-Germain-Des-Prés – O bairro de Saint-Germain-des-Prés fica à margem esquerda do rio Sena. Diversas livrarias, lojas de antiguidades e galerias de arte compõem o estilo intelectual e sofisticado da região. Não deixe de entrar na igreja de mesmo nome, uma das mais antigas de Paris.

Torre Montparnasse – Super vista da Torre Eiffel. Único espigão construído dentro dos vinte arrondissements centrais de Paris, com 56 andares proporciona as melhores vistas da cidade. Descer na estação de metro Montparnasse-Bienvenue.
Preço: 13,50 euros. (NÃO incluso no PMC)
Horário: 09:30 às 23:30h (01 de Abril à 30 de Setembro). Aberto todos os dias do ano.

Jardim de Luxembourg – Apreciar os jardins e as estátuas do Jardin du Luxembourg é um ótimo programa, especialmente aos finais de semana. Se der sorte, dá até para assistir a uns concertos musicais gratuitos. Um piquenique por lá é uma ótima pedida.
Muito lindo! Foi o Jardim que mais gostei e o que tinha maior variedade de flores! Muito bem cuidado e com cores de Tulipas maravilhosas!



Pantheón – Ao sair do Jardim de Luxembourg siga pela Rue Soufflot até o Panthéon, para observar a sua bela arquitetura neoclássica. Ali estão sepultados o escritor Victor Hugo e o famoso iluminista Voltaire.  Ao redor do Panthéon fica a famosa Universade de Sorbonne.
Localizado no alto da Montanha Geneviève, o Panthéon (antiga igreja transformada em memorial aos maiores franceses da história) permite subidas à sua cúpula. As visitas são feitas em grupos que saem em horas marcadas; procure a placa com os horários ao chegar. Enquanto não chega a hora, admire a réplica do Pêndulo de Foucault que toma boa parte da nave do edifício.
Preço: É necessário pagar para ingressar no Panthéon. O ingresso custa $7,50. (Incluso no PMC).
Horário: O funcionamento é diário (exceto feriados) de 10h às 18h ou até às 18h30 no verão. 


DIA 5: Conhecer o Museu Centre Pompidou, explorar o bairro do Marais, visitar a Place des Vosges e a Catedral de Notre Dame

Centre Pompidou – É um museu dedicado à arte contemporânea. Mesmo para quem não pretenda visitar o museu, vale a pena passar no local para observar a arquitetura inovadora e peculiar do museu, com diversas tubulações à mostra. Ali também costuma ter várias apresentações de artistas de rua.
Não entramos, só passamos em frente para conhecer.
Preço: A entrada do museu custa $13 euros. (Incluso no PMC).
Horário: O funcionamento é diário, à exceção de terças e feriados, de 11h às 21h.

Marais – O bairro do Marais é vibrante e está sempre cheio de pessoas caminhando por suas ruelas. No bairro há grande concentração de judeus e chineses. Não deixe de passear pela charmosa Rue de Rosiers

Place des Vosges - é a praça planejada mais antiga de Paris e uma das mais bonitas. A praça é rodeada de belos edifícios e no centro há um jardim onde várias pessoas costumam descansar, ler um livro ou fazer um piquenique. O endereço de n. 6 da praça é onde morou o escritor Victor Hugo. O local foi transformado em museu e é possível a visitação.


Ilha de Saint Louis – é uma pequena ilha localizada no coração de Paris. Observe as belas construções e caminhe, sem pressa, até chegar à Catedral de Notre Dame. Faça uma paradinha no Berthillon, um clássico quando o assunto é sorvete.

Catedral de Notre Dame – a belíssima catedral tem arquitetura gótica e fachadas ricas em detalhes. Os vitrais também são lindíssimos. A catedral fica aberta diariamente de 8h às 18h45. Para ingressar na igreja não é necessário pagar, mas para visitar as torres é necessário desembolsar $8,50. 
As filas são ENORMES e, ao contrário do que acontece em outros monumentos e museus, os portadores do Paris Museum Card não têm privilégios de entrada (a não ser a isenção do ingresso).
Depois da fila, você precisa subir 422 degraus (não há banheiros em todo o circuito). Lá de cima você o Sena e o coração histórico de Paris ao lado das gárgulas que afugentam os maus espíritos.

DIA 6: Passear em Montmartre e La Defense

Montmartre – é um bairro que certamente merece ser explorado a pé e com calma. As ruas são charmosas, o clima é boêmio e as muitas ladeiras deixam tudo ainda mais interessante. 

Basílica de Sacre Couer - Localizada no alto da colina de Montmartre, um dos pontos mais altos de Paris, impressiona por sua grandiosidade e pelas belas cúpulas de pedra branca ao estilo românico e bizantino. Sua retribuição, porém, é pequena: vista de lá, Paris é uma massa cinzenta de onde pouca coisa se destaca. Ainda assim, o passeio vale a pena. Ao pé da escadaria, a basílica fica ainda mais bonita.
Horário: A basílica abre todos os dias de 6am às 10:30pm, sendo a última entrada às 10:15pm. A cúpula maior também pode ser visitada pelo público no período de 9am a 7pm (6pm no inverno).
Preço: grátis.


La Défense – é a área moderna de Paris, com edifícios altos e de arquitetura bem peculiar, como Grande Arche, que é um monumento de mármore branco de 112 metros de altura e aberto no centro, como se fosse a releitura moderna do Arco do Triunfo.

Grande ArchePerfeitamente coordenado com o Arco do Triunfo, proporciona uma espécie de linha do tempo arquitetônica, tendo os Champs-Elysées como eixo. No alto há um museu de informática bem mediano.
Preço: 10 Euros.
Horário: Aberto todos os dias de 10h às 20h no verão.

DIA 7: Conhecer o Palácio de Versalhes

Palácio de Versailles – O château de Versailles é impressionante e demonstra a riqueza e poder da França do rei Luis XIV. Não deixe de visitar a belíssima Galeria dos Espelhos e caminhar pelos intermináveis jardins. O Palácio fica lotado, por isso, evite de ir aos finais de semana.

Para chegar até lá é possível contratar alguma excursão ou ir por conta própria. Nesse último caso, pegue o RER C até uma das duas estações de Versailles: Versailles Chantiers ou Versailles Rive Gauche 

Aqui entra uma pegadinha: entramos em na estação Neuilly-Port Maillot (RER C da linha amarela), mas nenhum dos trens passava por essas estações. O mapa dos trens não tinha informação nenhuma e aí descobrimos que precisávamos fazer baldeação na Estação Champs de Mars para pegar um desses trens (????). 

No metrô compre o Ticket para a zona 4 (uns 3,20 Euros) e você pode utilizá-lo até a estação de trem.

Mais uma observação: eu cheguei pela Versailhes Rive Gauche e fui embora pela Versalhes Chantiers e garanto que a primeira é bem mais perto do Palácio. 

Não abre às segundas e consulte o site para saber sobre feriados. Os tickets de acesso ao palácio podem ser comprados online ou na FNAC (O Paris Museum Card é aceito no Palácio, mas não dá acesso aos jardins! Pagamos 7,50 Euros para visitar os jardins).

Sitehttp://en.chateauversailles.fr/prepare-my-visit-/single/tickets-and-rates



É isso, gente. Espero que ajude! Quem tiver alguma dúvida, é só postar nos comentários!
E uma semana abençoada para todos!


quinta-feira, 16 de maio de 2013

PORQUE LAVAR MEU PINCEL DE MAQUIAGEM?

Sei que dá uma preguiçona danada de lavar os pincéis de maquiagem, não é? Ainda tem aquele papo de "ih, vou lavar agora, mas e se eu precisar e ele ainda não estiver seco?" e aí vamos só adiando o banho.


Resolvi escrever esse post porque tem um motivo que geralmente as pessoas não sabem.  São dois motivos principais:

1) Higiene e saúde, é óbvio! As cerdas vão acumulando restos de produtos, células mortas e poeira o que leva a proliferação de fungos e bactérias. Ficamos sujeitos a desenvolver micoses, infecções bacterianas e até mesmo uma alergia. 

Inclusive, é muito importante lavar antes do primeiro uso, viu? Muita gente esquece desse detalhe! Alguns pincéis ficam guardados um tempão na loja até serem vendidos e vão só juntando poeira. 

2) O segundo motivo (que geralmente as pessoas nem imaginam) é para aumentar sua vida útil. As cerdas que ficam muito tempo sem lavar ficam embaraçadas e podem quebrar. Pagamos tão caro e queremos que durem uma eternidade, certo?

Um tempinho atrás, eu lavei meus pincéis mas esqueci do que utilizo para passar blush. Continuei utilizando-o normalmente e quando percebi, as cerdas já estavam engruvinhadas. Como tenho toc uso um lado só dele, no outro deu para perceber certinho a diferença. Vou mostrar para vocês!

Esse é o pincel 129SE da MAC que eu gosto para aplicar blush. 


Na foto a seguir, as cerdas estão bonitinhas e são do lado dele que eu não uso. Elas estão retas e uma paralela à outra, igualzinho quando acabamos de comprar o pincel.


Na próxima foto, as cerdas emaranhadas do lado que eu usava com mais frequência. Dá para ver direitinho a diferença entre as cerdas, né? Parece até que algumas já estão quebradas!


Logo depois que lavei, elas voltaram a ficar bonitinhas mas seu eu continuasse utilizando daquele jeito sem levar, elas estariam quebradas logo logo.


Essa foi a dica de hoje! 
Vamos lavar os pincéis regularmente e assim eles irão durar muito mais tempo. 
Nosso bolso agradece!

quarta-feira, 15 de maio de 2013

COMPARANDO MINESOL OIL CONTROL FPS30 x FPS70

Fiquei muito feliz quando a ROC lançou o Minesol Oil Control com FPS70. Sempre fui fã do Oil Control FPS 30 e, principalmente no verão, sentia falta de uma proteção maior. Resolvi fazer um post comparando os dois para tentar ajudar quem está na dúvida sobre qual deles comprar. 


Infelizmente, é difícil um protetor solar com alta proteção ter uma boa cosmética. Geralmente, quanto maior o FPS, maior a oleosidade do produto. O que ando percebendo é que a industria farmacêutica está avançando nessa parte e eles estão ficando cada vez mais secos. Pele brilhando nunca mais!

Minesol Oil Control é uma linha de proteção solar diária, indicada para peles mistas ou oleosas, que oferece ampla proteção contra os Raios UVA e UVB, além de ajudar no controle da oleosidade da pele. 


Sua fórmula contém partículas que absorvem e controlam o excesso de oleosidade por pelo menos duas horas após sua aplicação. Não obstrui os poros e não causa espinhas. Eu considero um dos melhores protetores em termos de cosmética para esse tipo de pele.

Na foto abaixo, dá para perceber que o FPS70 (direita) é bem mais fluído, o que faz com que seja mais fácil de espalhar. O de FPS30 tem uma consistência bem mais pastosa.


Vários pacientes reclamavam que o rosto ficava branco com o 30, porque ele seca rápido e não dava tempo de espalhar direito. Isso já não acontece com o 70. Uma dica que dou com relação a ficar com rosto branco é de ir pegando de pouco em pouco e aplicar por regiões: testa, lado direito, lado esquerdo e centro para finalizar.

Na foto a seguir, comparo a consistência deles na pele.
Dá para notar direitinho como o 30 (lado esquerdo) é mais consistente!


A grande diferença que encontrei foi a consistência mesmo, já que depois de secos eles ficam iguais e não dá para diferenciar um do outro. O toque seco do Minesol Oil Control é um espetáculo e, como já falei anteriormente, eu considero um dos melhores protetores para pele oleosa no mercado! Ele desaparece e fica super sequinho! Nada de ficar brilhando, melada ou oleosa.

Nenhum do dois tem cheiro.

Agora vamos diferenciar com relação ao Fator de Proteção Solar (FPS): Em geral, prescrevo o FPS 30 para pacientes que trabalham em escritórios, consultórios ou tem pouco contato com sol; e o FPS 70 para pacientes que mancham a pele com facilidade, são muitos claros ou que ficam expostos aos raios solares com maior frequência.

A diferença de preço entre eles é pequena. Encontrei na DERMADOCTOR por 58,77 reais e 64,85 reais o de FPS 30 e 70 respectivamente. Cada um vem com 50g.

Como o preço é quase o mesmo e os dois tem uma cosmética excelente, eu passei a utilizar o FPS 70 que além de ser mais fácil de aplicar ainda me deixa mais protegida!!

terça-feira, 14 de maio de 2013

UNHAS SEMPRE SAUDÁVEIS

Continuando o post de ontem em que falei sobre a Síndrome das Unhas Frágeis (SUF), hoje vou dar algumas dicas para manter as unhas sempre belas e saudáveis.


Vamos lá:

1) Evite o contato excessivo com água e produtos químicos. 
Utilize sempre luvas para lavar louça ou roupas.


2) Evite roer, comer ou morder as unhas.


3) Mantenha as unhas sempre aparadas para evitar traumas. 
O simples ato de digitar já é suficientemente considerado um trauma e pode deixar suas unhas descamando!

4) Como falei nesse post, a hidratação da lâmina ungueal unha e cutículas é fundamental!
Adquira esse hábito e veja a transformação que irá ocorrer com suas unhas.

5) Evite tirar as cutículas. Elas são responsáveis pela proteção da nossa matriz ungueal. O ato de retirar as cutículas também é um trauma e pode deixar sua unha cheia de depressões.

6) Troque a Acetona por Removedor de Esmaltes e evite seu uso excessivo. Eles desidratam e deixam as unhas mais finas, fracas e descamativas. Hidrate-as bem depois de utilizar o removedor e nada de ficar trocando de esmalte igual troca de roupa, heim?


O Formol já foi muito usado para o fortalecimento da lâmina ungueal. Hoje sabe-se que ele deve ser evitado porque pode piorar a SUF e até ser causa de alergias.

O uso oral de Biotina pode ajudar na recomposição da lâmina ungueal. Procure seu Dermatologista para prescrever a melhor medicação para o seu caso.

Nunca se auto-medique! 
Não se esqueça que alterações ungueais podem ter causas internas que precisam ser diagnosticadas. 
O sucesso no tratamento começa com o diagnóstico correto e isso, só seu Dermatologista pode te auxiliar.
As medidas acima são fundamentais e garantia de unhas sempre saudáveis.

Um beijo,

segunda-feira, 13 de maio de 2013

SÍNDROME DAS UNHAS FRÁGEIS

Oi, pessoal!! Como foram de final de semana? Espero que bem!

Sei que a mulherada adora os posts sobre unhas e, por isso, resolvi falar sobre elas! Hoje em dia, temos esmaltes de tudo quanto é jeito, textura, cor e as unhas já estão sendo consideradas como acessórios de moda variando de acordo com a roupa, ocasião e até mesmo o humor.


Parece brincadeira, mas a Síndrome das Unhas Frágeis (SUF) existe mesmo e, sim é uma doença!

Como o próprio nome diz, as unhas são frágeis, finas, descamam e quebram com facilidade. Alguns estudos referem que a SUF pode acometer até 20% da população e afeta principalmente as mulheres. É uma das principais queixas que recebo no consultório!


Infelizmente as causas ainda não estão bem esclarecidas, mas desconfiamos que estejam relacionadas com traumas, alterações micro vasculares e até desidratação da lâmina ungueal unha.

Costumo sempre insistir na necessidade de uso de um hidratante nas unhas e cutículas.
Nossa unha tem pouca água e gordura, ficando mais vulnerável à desidratação. Agora, pensa só em tudo isso associado com o excesso de esmaltes, acetona, removedores, produtos químicos (detergentes, sabão em pó)? É ressecamento e alterações ungueais na certa!

Também podem ocorrer algumas causas orgânicas que levam a essas queixas ungueais e necessitam de exames complementares para seu diagnóstico como, por exemplo, uma alteração da Tireóide, Diabetes, gravidez ou até uma Anemia.

Antes de sair por aí tomando todos os remédios que você pesquisa na internet, que sua vizinha tomou e amou ou que o balconista da farmácia te indicou, consulte seu dermatologista.

No próximo post, conto as dicas para manter as unhas sempre saudáveis, ok?

Bom início de semana para todos!

sexta-feira, 10 de maio de 2013

AMEI: NORMALIZE PORE FPS50

Sei que hoje é dia de post sobre viagem, mas como estou ocupadérrima com o consultório, vou liberar um post que eu deixei guardado aqui, ok?

Falei para vocês um pouquinho sobre a ADA TINA aqui e reforço mais uma vez a excelente qualidade dos produtos da marca.

O NORMALIZE PORE FPS50 é um protetor solar que possui ação progressiva de retração dos poros associado ao toque seco e hidratação da pele. 


Estou simplesmente amando esse protetor!

Até agora foi o mais seco que testei da Ada Tina, inclusive achei bem mais seco do que o Normalize Matte FPS 50. E o mais interessante é conseguir ser sequinho com ação hidratante. 

Acho muito legal que o Normalize Pore possui uma boa proteção com FPS50 e PPD17.
O PPD, para quem não sabe, é um dos métodos de medição da proteção contra os raios-UVA e um bom protetor deve proteger contra os raios-UVA (medido pelo PPD) e raios-UVB (medido pelo FPS).
Explicarei melhor em um outro post sobre o PPD. 
Também está disponível com FPS25, mas ainda não experimentei.

A consistência é de creme, mas bem levinho e absorve super rápido.
Não achei que ele faz maravilhas com os poros, mas só de ser sequinho e não dilatá-los mais ainda, eu já estou satisfeita.

Aplico no rosto todo e logo após passo o Porefessional da Benefit nas regiões mais oleosas (testa e maçá do rosto). Eles se complementam e fazem uma dupla imbatível para disfarçar os poros e controlar a oleosidade. Fico com a pele lisinha e protegida! Se sua pele não é tão oleosa ou para quem não utiliza primer, ele sozinho já faz esse papel.

Na loja virtual da Ada Tina, a bisnaga com 50mL está custando 101,90 reais. 
Como já tinha falado anteriormente, o lado negativo dos produtos da Ada Tina é o preço! 
Mas são muito diferenciados e valem cada centavo investido.

Bom final de semana!

quarta-feira, 8 de maio de 2013

USO E RECOMENDO: DERMOVANCE HIDRATANTE PARA OS PÉS

Esse foi um dos poucos cremes que eu me dei ao luxo de usar na viagem para Paris. 
Quando viajo, fico super preguiçosa e abandono toda a minha rotina dermatológica, com exceção do protetor que não esqueço never! 
Como chegava tarde no hotel, só pensava em tomar um banho e descansar, mas não pude esquecer dos meus pés (e nem eles deixavam!).


Por causa de andar o dia inteiro, meus pés ficavam acabados no final do dia. Além da dor, eles estavam cada dia mais ressecados. Como já imaginava que isso iria acontecer e estava sem um creme específico para essa região do corpo, tive a sorte de receber o Dermovance alguns dias antes de viajar da representante da FQM e não pensei duas vezes antes de colocá-lo na necessaire para testar na viagem.

A linha Dermovance é fabricada pela FQM e possui três hidratantes bacanas: Dermovance, Dermovance S e Dermovance Pés.

"O Dermovance Pés foi desenvolvido especialmente para melhorar a aparência e maciez dos pés muito secos e ásperos, deixando a pele suave e aveludada ao toque. Sua composição contém DH+, um agente hidratante derivado da ureia que melhora o aspecto da pele ressecada. Possui ainda PCA sódico e lactato de sódio, um complexo concentrado que possui um excelente poder umectante, ajudando na retenção de água da pele e melhorando sua flexibilidade."


A consistência é de um creme mais grosso, quase que como uma pomada, o que ajuda a aumentar sua absorção. O Dermovance absorve rapidinho e o pé não fica muito melado.



A única coisa que não gostei foi o cheiro! 
Como ele não tem perfume, falta uma fragrância para disfarçar o odor dos componentes que na minha opinião tem cheiro de areia!!! rsrs.. Mas, isso não me atrapalha em nada porque os pés estão bem longe das minhas narinas!

Aplico após o banho, espero secar e calço minhas meias de dormir. 
Acordo com os pés bem macios e o mais legal é que quando vou tomar banho no outro dia, assim que molho meu pé sinto ele melado, ou seja, o creme permaneceu lá o dia todo e não foi absorvido pela meia! 

Na viagem, eu aproveitava para fazer uma massagem com ele e assim aliviar um pouco a dor. A hidratação nesses casos ajuda mas, não faz milagres!! a proteger os pés e evitar descamações, bolhas e fissuras comuns quando se anda demais. 

Também achei bem legal para usar naquelas áreas mais ásperas e ressecadas como cotovelos, joelhos e mãos, se o cheiro não te incomodar. 

Achei por 36,00 reais na DERMADOCTOR. A bisnaga vem com 100g rende muito!

Gostei muito mesmo e continuo usando todos os dias depois que voltei da França! 
Adoro sentir que ele ainda está no pé quando vou tomar banho!